G-5YQLCZCCR1

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Menu

Dentistas concursados realizam paralisação em Mandaguari

Repórter Pedro Luccas | Jornalismo Terra Nativa FM


Os dentistas concursados de Mandaguari realizaram uma paralisação da categoria nesta quinta-feira (29). Os dez profissionais cruzaram os braços, segundo informações, eles alegam que o município não cumpriu como reajuste do salário base do piso nacional (Lei Federal 3999/61) e que a gestão não deu uma reposta concreta.

Os profissionais afirmam  que trabalham em condições insalubres, com um número de profissionais inferior ao mínimo necessário para atendimento e que equipamentos, além de defasados estão à espera de conserto há mais de 90 dias. Diante da situação os odontologistas cruzaram os braços em frente a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Esplanada, realizando apenas atendimentos de urgência, situações eletivas serão reagendados após o período de paralisação.

Uma atrás da outra

Já não é a primeira vez que a atual administração municipal enfrenta dificuldades na negociação salarial com categorias de funcionários públicos, no ano de 2021, agentes de saúde e de combate a endemias tiveram adicional por insalubridade cortados em situação que se arrastou até este ano de 2022 e acabou na anulação do laudo que tirava o direito. No mesmo ano, profissionais da educação municipal chegaram a mencionar uma greve para chegar a um acordo sobre reajuste salarial.

Nota do município

A equipe de reportagem da Terra Nativa FM (99,5Mhz), procurou a assessoria de imprensa e foi emitida uma nota de esclarecimento:

“A respeito da greve anunciada pelo grupo de dez dentistas, a Prefeitura de Mandaguari informa que o pedido original, prevendo a concessão de reajuste salarial de 35%, é notoriamente impossível de ser atendido, em face da atual realidade fiscal e orçamentária do município. A proposta da Administração Municipal, rejeitada na terça (27) durante reunião com a categoria, é dialogar sobre o tema em março do próximo ano, data-base do funcionalismo, no  mês em que a gestão terá o índice inflacionário.

O piso salarial dos dentistas gera controvérsias no meio judicial, o que dificulta eventuais negociações, tendo em vista que benefícios concedidos exclusivamente para uma determinada categoria ferem, consequentemente, o princípio da isonomia. A Administração Municipal segue aberta ao diálogo e permanece disposta à conciliação, agindo com responsabilidade e transparência.”

A nossa equipe segue acompanhando o caso.

 

 

Deixe seu comentário:

Últimas noticias